Esta Orientação Técnica tem o objetivo de apresentar o funcionamento geral da Campanha Bicicleta nos Planos: seus membros participantes, atribuições de cada parte, os componentes da assessoria, as atividades a serem desenvolvidas e a forma de comunicação. Esta OT é complementada pela OT Conceitos e elementos principais da Campanha: PNMU, PlanMobs, bicicleta, cicloativismo e organizações locais.

 

_______________________________________________

 

Qual é o objetivo da Campanha Bicicleta nos Planos

A campanha Bicicleta tem como objetivo estimular e assessorar a sociedade civil organizada para a inclusão da bicicleta, enquanto meio de mobilidade e transporte, no planejamento urbano e na sua execução, através da sua inserção nos Planos de Mobilidade Urbana – PlanMobs, instrumento este previsto na Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/2012).

 

Quais são as instituições envolvidas na Campanha

 

Quem são as pessoas que fazem parte Campanha

  • Pelas Instituições Realizadoras – Equipe Coordenadora Nacional:
    • Coordenador da Campanha: JP Amaral
    • Coordenador da Campanha e Coordenador de Articulação: André Geraldo Soares
    • Coordenadora de Incidência Política: Ana Carboni
    • Assessora de Comunicação: Taís Reis
    • Designer: Luive Osiano
    • Desenvolvedor Web: Kiko Zaninetti
  • Pelas Organizações Locais (OLs): as pessoas informadas pela OL no ato da inscrição ou em qualquer momento posterior. São requeridas pelo menos 3 pessoas em cada OL.

 

Quais são as atribuições das instituições da Campanha

  • Das Instituições Realizadoras – Coordenação Nacional:
    • Prestar assessoria para as Organizações Locais desenvolverem suas atividades nas suas cidades através de Orientações Técnicas, Materiais de Apoio e Complementares e outras formas eventuais ou sistemáticas, a depender das condições disponíveis
    • Manter canais de comunicação e estimular seu uso entre os membros da Coordenação Nacional e as OLs e atender, de acordo com as possibilidades, às demandas de comunicação das OLs
  • Das Organizações Locais (OLs):
    • Desenvolver, na medida do possível, as atividades por elas informadas no ato da inscrição, bem como as atividades recomendadas pela Coordenação Nacional
    • Manter comunicação constante com a Coordenação Nacional e prestar informações que importem para a qualificação da Campanha
    • Buscar colaborar, por meio de comunicação e de outras formas possíveis, com as demais OLs e com a Campanha como um todo
    • No caso de receberem apoio financeiro, atender aos termos do Contrato ao ser firmado entre ambas partes

 

Quais são os tipos de ações a serem desenvolvidas pelas OLs?

As Organizações locais tem autonomia para realizar suas ações, entretanto o sucesso será alcançado muito mais facilmente se as ações:

  • Forem diretamente relacionadas ao PlanMobs e à Política Nacional de Mobilidade Urbana, ao invés de focarem outras políticas públicas
  • Tiverem caráter ou conotação política: incidência e participação política, reivindicações, levantamento e fornecimento de informações, busca de parcerias e comunicação social

Ou seja, atividades com conotações específicas diversas, como por exemplo passeios ciclísticos ou oficinas de conserto de bicicletas, não obstante sua importância para outros fins:

  • Terão pouco ou nenhum impacto sobre o PlanMob
  • Entretanto, podem ser acrescentadas ao conjunto, visando inclusive a ludicidade e buscando atrair pessoas que, de outro modo, não se envolveriam

Para conhecer indicações de ações mais certeiras, visite as sugestões abaixo de acordo com a situação do PlanMob local:

 

Como será fornecida a assessoria?

A assessoria será fornecida através de:

 

Quais são os materiais produzidos para assessorar as OLs?

Orientações Técnicas para atuação

As Orientações Técnicas são os principais meios de apresentação da metodologia proposta e enfocam diversos elementos:

  • Esclarecimentos sobre o funcionamento da Campanha
  • Orientações sobre táticas e formas de atuação para o alcance dos objetivos
  • Dados e informações sobre temas pertinentes à Campanha
  • Dicas em geral

 

Materiais de Apoio para atuação

  • Modelos de arte para divulgação: modelos de release para vocês comunicarem a mídia local sobre a campanha, bem como algumas dicas de redação/comunicação escrita
  • Modelos de release para a imprensa: opções de postagens para vocês alimentarem essa mídia. Lembrem-se que é possível e até recomendável vocês replicarem esses posts no Instagram, por exemplo
  • Modelos de documentos: exemplos de cartas com timbrado e também apresentações de PPT para vocês usarem

 

Quais são os Materiais Complementares da Campanha?

  • Site: completa e atualizada plataforma com todo o conteúdo produzido pela Campanha
  • Guia “Incluindo a Bicicleta nos Planos”: produzido pela Campanha, contém os principais conceitos e dados sobre a Política Nacional de Mobilidade Urbana e sobre os PlanMobs
  • Biblioteca: textos de referência complementar: manuais, textos, pesquisas etc.
  • Infográficos Temáticos: papers técnicos em formato de infográfico abordando a integração da bicicleta com outras políticas públicas
  • Banco de Dados de Planos de Mobilidade: maior Banco de Dados de PlanMobs do Brasil, com informações sobre centenas de cidades e com dezenas de documentos disponíveis
  • Notícias: atualização sobre os principais fatos envolvendo a PNMU e os PlanMobs
  • Webinars: assista as vídeoconferências abordando a PNMU e as principais fases dos PlanMobs

 

Como será a comunicação da Campanha?

  • Grupo de Comunicação no Google Groups: principal canal de comunicação coletiva, o grupo assessoria-bicipmu@googlegroups.com (acesse o Diretório aqui) abriga todos/as os integrantes de todas as OLs informados na inscrição ou posteriormente e os membros da Coordenação Nacional
  • Grupo do WhatsApp: para comunicações rápidas. Para ingressar no grupo, solicite o convite à Coordenação Nacional por e-mail
  • E-mail: para qualquer necessidade, escrevam para bicipmu@gmail.com

 

Quais são os direitos de uso e participação

  • Salvo eventual Contrato específico, o desenvolvimento da campanha não importa em nenhuma forma de vínculo ou obrigação recíprocas, assim nem a Coordenação Nacional nem as OLs serão responsabilizadas por resultados inesperados ou por atos indevidos da outra parte
  • Está autorizado o uso da logo da Campanha em todas as peças publicitárias, materiais, sítio eletrônico criados e mantidos pela OL
  • As OLs não poderão pronunciar-se em nome das organizações que exercem a Coordenação Nacional sem prévio consentimento da mesma, bem como não cederão nem permitirão o uso das logos por terceiros
  • A Coordenação Nacional solicita que seja mencionado o nome da Campanha Bicicleta nos Planos, quando e onde couber

 

Para saber mais

 

.